Guimaguinhas
Memórias familiares e da minha cidade natal
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
09/08/2013 11h29
Memórias de Aguinhas (14) - Retrospectiva histórica dos hotéis de Aguinhas (1)

Aguinhas de antigamente

Em post anterior (1), já anotamos que foi com a vinda do Dr. Garção Stockler para Lambari que se deu o incremento da divulgação das águas minerais e o início do desenvolvimento da cidade; em outro (2), que o Hotel Melo, inaugurado em 1884, foi um de nossos mais antigos hotéis.

Agora, vamos fazer uma retrospectiva histórica dos hotéis de nossa cidade. Vamos lá.


Em 1884, após o trabalho empreendido por Garção Stockler, a povoação [Águas Virtuosas] se apresentava com 4.000 habitantes, com mais de 50 casas novas e mostrava o reerguimento da frequência às águas, pela chegada de "cidadãos das mais importantes classes sociais e posições" que ou se hospedavam nos dois hotéis existentes [de Joaquim Manoel de Mello Júnior e Manoel Gomes Nogueira] ou se alojavam em casas alugadas (...)

MILEO, José N. Subsídios para a história de Lambari. Guaratinguetá, SP : Graficávila, 1970, p. 109/10


Em 1888, Urbano Augusto d'Aguiar Vilella já fazia propaganda do seu Hotel Brazil:

 


A partir de 1895, segundo nos informa José Nicolau Miléo (3), após a inauguração do Hotel Melo (1894), surgem novos hotéis:


O mesmo José Mileo (4) acrescenta, com base na Relação de eleitores do Distrito das Águas Virtuosas e suas profissões, a existência dos seguintes hoteleiros, em 1898:


No jornal A Peleja,  de 1898, registram-se propagandas do Hotel Mineiro  e do Grande Hotel:


No livro Águas Virtuosas de Lambary, editado por Roberto Capri, em 1918 (5), figuram as seguintes propagandas de hotéis:

 


(1) http://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/blog.php?idb=37704

(2) http://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/blog.php?idb=37860

(3) MILÉO, José N. Subsídios para a história de Lambari. Guaratinguetá, SP : Graficávila, 1970, p. 125.

(4) Id., ib., pág. 136

(5) CAPRI, Roberto. Águas Virtuosas de Lambary. São Paulo : Pocai & Comp., 1918


Veja também os números 2, 3 e 4 desta série:

http://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/blog.php?idb=38620

http://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/blog.php?idb=38622

http://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/blog.php?idb=38633


Fotos desta série com a colaboração de André Gesualdi.

 


Publicado por Guimaguinhas em 09/08/2013 às 11h29
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras

Formas de interação com o site GUIMAGUINHAS

- Contato com o site - clique o link e envie sua mensagemhttp://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/contato.php

- Contato com o autor - envie mensagem para este e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

- Postar comentários sobre textos do site - utilize esta ferramenta que está ao pé do textoComentar/Ver comentários 

- Enviar textos: utilize acima: