Guimaguinhas
Memórias familiares e da minha cidade natal
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
26/08/2013 13h51
Memorias de Aguinhas (17) - Águas Virtuosas no Anuário de Minas Gerais de 1913

Anuário de Minas Gerais

O Anuário de Minas Gerais trata-se de uma publicação fundada e dirigida pelo dr. Nelson de Senna, com estudos sobre história, geografia, literatura e estatística, cuja circulação iniciou-se em 1906.

Na Biblioteca Nacional Digital Brasil, da Fundação Biblioteca Nacional, encontra-se o Número V, relativo ao ano de 1913, desse anuário, em cujas páginas 237 a 251 há diversas informações sobre a então cidade de Águas Virtuosas. 


    Para acessar o Anuário, clique aqui

Eis o sumário dos temas tratados na publicação acima:


O município de Águas Virtuosas  
Divisas deste município e outros dados estatísticos 238
Os últimos melhoramentos de Águas Virtuosas 239
O Parque, a leiteria, abastecimento de água 241
A iluminação electrica, o Lago de Lambari 242
O Casino de Águas Virtuosas 243
Festas inaugurais desses melhoramentos      244
Resenha das obras feitas pelo prefeito Américo Werneck          245
Descripção da villa feita por um jornalista 247
Origem legendária das fontes do Lambary 248

Os textos trazem informações muito interessantes sobre a história de Lambari e descrições de como se deu o aterramento do centro da cidade, a instalação da rede elétrica, a construção do lago e da barragem.

Há também o texto da lenda sobre os poderes curativos das águas de Lambari, escrito por alguém que se assinou Gratz, que foi publicado no O Lambary, de 18/12/1910. Ao que parece, esse é o texto original, do qual há um extrato no livro de Armindo Martins [1]. Recorde-se que, segundo o Monsenhor José Lefort, esta lenda teria sido criada pelo próprio Werneck. [Veja aqui.]

Em próximos posts, vamos comentar e ilustrar os tópicos acima, especialmente os que tratam das obras de Américo Werneck.


Nelson de Senna - Resumo biográfico

Nelson Coelho de Senna nasceu na cidade do Serro, no dia 11 de outubro de 1876, e faleceu em Belo Horizonte, em 2 de junho de 1952. Foi parlamentar, publicista e professor universitário. 

Durante o período de 1894 a 1896, publicou os seus primeiros livros Memória Histórica e Descritiva da Cidade e do Município do Serro, Discursos Acadêmicos e Paginas Tímidas, coletânea de contos e escritos literários. 

Em 1906, deu início à publicação do Anuário de Minas Gerais, com estudos sobre história, geografia, literatura e estatística. Defendeu a criação do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, fato que veio a ocorrer em 1907. Foi sócio-fundador, benemérito, correspondente honorário e membro efetivo de diversas instituições culturais do Brasil e do exterior.

Na condição de deputado, esteve em Lambari por ocasião da inauguração das obras de Américo Werneck, e fez o discurso na inauguração da Cascata do Lago.

Fonte: Arquivo Público Mineiro

Voltar


(1) MARTINS, Armindo. Lambari, a cidade das Águas Virtuosas, 1949, p. 25

 


Publicado por Guimaguinhas em 26/08/2013 às 13h51
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras

Formas de interação com o site GUIMAGUINHAS

- Contato com o site - clique o link e envie sua mensagemhttp://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/contato.php

- Contato com o autor - envie mensagem para este e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

- Postar comentários sobre textos do site - utilize esta ferramenta que está ao pé do textoComentar/Ver comentários 

- Enviar textos: utilize acima: