Guimaguinhas
Memórias familiares e da minha cidade natal
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
12/02/2014 15h53
MEMÓRIAS DE AGUINHAS (28) - As ilhas do Lago Guanabara, as garças e os biguás

Sumário


Introdução

Após a reforma do Parque das Águas e do Cassino de Lambari (em andamento), está em curso um projeto visando à revitalização do Lago Guanabara (aqui). 

Esperamos que tais obras venham a ocorrer brevemente, visto que o lago é de um nossos maiores patrimônios.

E como falamos do lago por que não recordar a origem e o passado de suas ilhas famosas? Vamos lá.

Voltar ao topo


A inauguração do Lago Guanabara

Em outro post, lembramos a inauguração do Lago Guanabara e divulgamos fotos antigas do lago, de suas ilhas e das gôndulas que singraram aquelas águas. Confiram:

Voltar ao topo


As Ilhas do Lago na Literatura

 Do livro Águas Virtuosas de Lambary, de Roberto Capri, de 1918 (1), colhemos esta referência às ilhas do Lago Guanabara:

Maravilhoso é o Lago... (que) é semeado de 32 ilhotas, umas constituídas naturalmente por elevações do primitivo terreno, outras feitas artificialmente, servindo de abrigo para as aves aquáticas.


 Neste romance, de autoria de C. Garden (2), de l943, há a seguinte descrição de um passeio de barco à Ilha dos Amores:

A Ilha dos Amores deveria antes ser denominada Ilha dos Sonhos. Este é o nome adequado à sua finalidade e aos seus peculiares atributos.

Não apenas os que se acham sob a encantadora fascinação da varinha mágica do amor que ali encontram o procurado asilo para os respousantes devaneios... O escritor, o pintor, o revoltado descobrem ideias, tintas, serenidade, nas manhãs de cristal e nas tardes translúcidas que enriquecem de misteriosas revelações o privilegiado refúgio.

Túneis verdejantes de esguios bambus, a debruçarem-se reverentes como frades em meditadas preces, dão o sombrio do mistério que atrai o espírito e pontua de interrogações o além, o infinito e a vida.

Jardins salpicados das sete cores que se misturam em mil e uma tonalidades prendem a vista em harmonioso deleite. Sítios preparados para o agradável das refeições ao ar livre multiplicam-se em variedade de feitios.

Em todo detalhe a nota do esteta que fantasiou, delineou e criou a ilha...


A foto abaixo, que ilustra o livro acima de Garden, mostra pessoas gozando da energia e da tranquilidade da Ilha dos Amores, nos idos de 1940:

Voltar ao topo


Coletânea de fotos da Ilha dos Amores

Antiga foto de visitantes da Ilha dos Amores

Outra foto antiga de visitantes da Ilha dos Amores

Voltar ao topo


Garças e biguás pernoitam nas ilhas

  Diariamente, garças e biguás (conhecidos também por mergulhões), aos bandos, vêm pernoitar nas ilhas do nosso Lago Guanabara. Por que tão lindo espetáculo ainda não se tornou um evento turístico? Em São Lourenço, há algum tempo, no parque das águas, promove-se O Entardecer das Garças. Confiram aqui e aqui.

Especialmente numa das ilhas do nosso lago, garças e biguás se amontoam, e os galhos das árvores ficam enfeitados de preto e branco. De fato, biguás costumam viver entre colônias de garças, e essas duas espécies chegam a dividir o mesmo ninhal. 

A propósito, vejam esta nota de Anselmo Gois, colunista do jornal O Globo (aqui)

Vejam também estes belíssimos vídeos disponíveis no Youtube:

Vídeo 1 (Belíssimas a poesia de Mário Benedetti e a música de fundo)

Vídeo 2 (Garças e biguás se aninham para pernoitar)

Voltar ao topo


(2) CAPRI, Roberto. Águas Virtuosas de Lambary. São Paulo : Pokay & Comp., 1918.

(2) JARDIM, Conceição [GARDEN, C.] Uma vilegiatura em Lambari: expressões da vida e de algumas vidas de 1943. Rio de Janeiro : A Noite, 1943.


Referências: wikiaves; anselmo.com; saolourenco.mg.gov.br; o popular.net.


Fotos: Museu Américo Werneck e coletânea do autor.


Publicado por Guimaguinhas em 12/02/2014 às 15h53
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras

Formas de interação com o site GUIMAGUINHAS

- Contato com o site - clique o link e envie sua mensagemhttp://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/contato.php

- Contato com o autor - envie mensagem para este e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

- Postar comentários sobre textos do site - utilize esta ferramenta que está ao pé do textoComentar/Ver comentários 

- Enviar textos: utilize acima: