Guimaguinhas
Memórias familiares e da minha cidade natal
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
01/10/2015 13h41
MEMÓRIAS DE AGUINHAS - Doces Gonelli

Eu inicio o Capítulo XIX do livro Menino-Serelepe*, intitulado No Grupo João Bráulio, me recordando dos doces do Gonelli, que comia em criança.

Vejam o texto:


De fato, os meninos da minha geração, que crescemos em Lambari , terão sempre na memória a figura magra e paciente do seu João Gonelli e seus famosos doces de leite.

É um pouco dessa história que vamos recordar aqui hoje.


João Gonelli é filho de Giuseppe Gonelli, imigrante italiano que chegou a Águas Virtuosas do Lambary em finais do Século XIX, ao lado de inúmeros outros compatriotas, conforme já contamos em outros posts aqui do GUIMAGUINHAS, como estes:

  • Chegada dos italianos e a rua do mesmo nome - aqui
  • Origens da família Gentile - aqui
  • Imigrantes italianos - aqui

João Gonelli, em companhia da esposa Adelaide, iniciou, nos anos 1950, sua produção de doces de leite, com uma receita que seus descendentes ainda conservam, num fogão de serragem existente num cômodo de velha casa na esquina das ruas Garção Stockler com São Paulo (onde hoje está o prédio da Caixa Econômica Federal).

Gonelli trabalhou também como garçon no Bar do Juca e no Bar Pinguim. Depois, estabeleceu-se com açougue e, mais à frente, com o Bar Continental, que funcionava ao lado da Padaria Motta, onde depois se instalou o Bar do Amâncio.

Na minha juventude, os famosos doces eram vendidos na Doceria Gonelli, que funcionou muitos anos em frente da Fonte Luminosa, em prédio próximo ao Parque Hotel. Aliás, era um programa de sábado: muitos de minha geração, que "namorávamos na praça", como se dizia, levaram suas amadas para saborear um doce de leite ou um arroz doce do seu Gonelli.


  Pelé, em Lambari, com a Seleção de 1966


Bastante apreciado pelos veranistas, nas grandes temporadas de turistas que ocorriam em nossa cidade, os doces tiveram ilustres degustadores. O maior deles, certamente, foi Pelé, que, ao lado de Garrincha e Manga, passava pela doceria toda noite, à cata dos incomparáveis docinhos de leite do seu Gonelli...


  João e Adelaide Gonelli tiveram 11 filhos: Nílton, Nelson, Sergio, Carlos, Edson, Odilon, Giovani, Nildes, Neide, Neuza e Angélica. E a tradição dos famosos Doces Gonelli ainda permanece, mantida por seus filhos e pelo estabelecimento do Gonelinho (Nílton), que funciona em frente do Parque das Águas, na Rua Dr. Wadih Bacha (ao lado da Casa Viola).


A doceria do Gonelinho, na rua Dr. Wadih Bacha


Os Doces Gonelli são também vendidos em diversos estabelecimentos da cidade


Veja também estes posts:

  • Os premiados Doces Teresa Viola - aqui
  • O Catupiry é nosso! - aqui
  • Antigos produtos de Lambari - aqui

Referências:

  • Jornal Serra da Águas - Pequena história da família Gonelli e seus doces maravilhosos
  • Facebook/PC Martins
  • Google/Maps
  • Agradecemos ao Nílton e Odilon Gonelli as informações e cessão das fotos.

  (*) Menino-Serelepe - Um antigo menino levado contando vantagem é um livro de memórias de Antônio Lobo Guimarães, pseudônimo com que Antônio Carlos Guimarães (Guima, de Aguinhas) assina a coletânea HISTÓRIAS DE ÁGUINHAS. V. na abertura do site o tópico Livros à Venda. 


 


Publicado por Guimaguinhas em 01/10/2015 às 13h41
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras

Formas de interação com o site GUIMAGUINHAS

- Contato com o site - clique o link e envie sua mensagemhttp://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/contato.php

- Contato com o autor - envie mensagem para este e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

- Postar comentários sobre textos do site - utilize esta ferramenta que está ao pé do textoComentar/Ver comentários 

- Enviar textos: utilize acima: