Guimaguinhas
Memórias familiares e da minha cidade natal
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
13/06/2016 14h09
SUBSÍDIOS PARA A HISTÓRIA DO ÁGUAS VIRTUOSAS F. C. (6) - Em 1930, o Águas Virtuosas era o orgulho esportivo do Sul de MG

Ilustração: Titulo reportagem do jornal A Noite (RJ), edição de 30 de janeiro de 1930


SUMÁRIO


Apresentação

Dentro da Série SUBSÍDIOS PARA A HISTÓRIA DO ÁGUAS VIRTUOSAS F. C., trazemos hoje uma histórica reportagem sobre o clube, realizada por Figueira de Almeida para o jornal A Noite, do Rio de Janeiro, publicada no dia 30 de janeiro de1930.

Vamos a ela.
 


A arquibancada de tijolos e a cerca de madeira

Na foto, vê-se a construção da arquibancada de tijolos e madeira de lei, que ficava alinhada à esquerda do campo. Esse, por sua vez, era circundado por uma cerca de madeira. Confira (aqui).

Tratava-se de um belo campo,  de grandes dimensões (120m x 70m) e gramado perfeito.

Confira:




Voltar


Em 1930, o AVFC bateu grandes adversários

A reportagem alinha expressivos resultados obtidos naquela época pelo time do Águas Virtuosas, com um elenco composto somente por jogadores do lugar:

  • 3 x 0 contra o Sport Clube Cruzeiro (Cruzeiro, SP)
  • 2 x 0 contra o Sport Clube São Paulo
  • 5 x 0 contra Caxambu
  • 3 x 0 no selecionado de Três Corações
  • 1 x 0 contra Lavras (campeão da Zona Oeste de MG)

Voltar


A desde sempre apaixonada torcida do Águas Virtuosas

Em 1929, o Águas não havia perdido nenhuma partida realizada fora de Lambari, e dentro de casa estava invicto desde a sua fundação em 1926.

A torcida entusiasta, porém ordeira, ajudara o time em brilhantes "viradas" de placar:



Torcida do Águas, nos anos 1980/90

Voltar


A prática de outros esportes

Além do futebol, o clube incentivava a prática de outros esportes, e na sua sede havia quadras de vôlei e de peteca.



Antiga planta da Praça de Esportes do A. V. F. C.


Propaganda de material esportivo dos anos 1930, existente nos arquivos do clube

Voltar


Estatuto, finanças e diretoria

Os estatutos do clube foram baseados nos do Fluminense Futebol Clube, do Rio, à época considerados modelares. Seus associados, em número de uma centena, garantiam a boa situação financeira do clube.

A diretoria era composta, entre outros, pelos seguintes:

  • João Lisboa Júnior: Médico e político, nascido em Lambari em 1894. Filho de João de Almeida Lisboa (aqui) e Maria Rita Vilhena Lisboa. Foi prefeito de Lambari por dois períodos, entre julho de 1935 a dezembro de 1945.
  • Oswaldo Cruz Lisboa: Farmacêutico, irmão de João Lisboa Júnior. Foi proprietário da Pharmácia da Empresa (aqui),  e também advogado e cafeicultor. Em 1963, assumiu a direção do IBC - Instituto Brasileiro do Café.
  • José de Oliveira Leite: Comerciante conhecido como Juca Leite, fundador da  tradicional Papelaria São Luiz. Teve 4 filhos: Gilberto e José Gama Leite, também comerciantes; Aurélio, professor, e Joaquim, que cursou odontologia.

Voltar


Águas Virtuosas F. C. — orgulho esportivo do Sul de Minas

Figueira de Almeida estava veraneando em Águas Virtuosas do Lambary quando elaborou a reportagem, e ele a encerra deixando dois grandes elogios ao clube:

  • que ele seja exemplo para outras cidades; e
  • que o Águas Virtuosas era o orgulho esportivo do Sul de Minas.


Uma esperança

No próximo mês de agosto, o Águas Virtuosas Futebol Clube completará 90 anos de fundação.

E a propósito disso, tomara que as palavras acima, de um antigo e distante colaborador do jornal A Noite, amante de Águas Virtuosas do Lambary e do clube que lhe levou o nome, que, não obstante tenham ecoado há tanto anos, continuam poderosas e comoventes, possam inspirar a nós lambarienses — quem sabe? — na recriação do time de futebol da cidade, orgulho de  tantas gerações.

Voltar


A Série

Posts já publicados

  • Fundação do clube - aqui
  • O Jockey Clube - aqui
  • Amistosos das Décadas de 1920/30/40 - aqui
  • A Taça Guaraína - 1a. Parte - (1941) - aqui
  • Campo do A.V.F.C. - aqui
  • O Estádio do A.V.F.C. aqui

Continuidade da Série

A série SUBSÍDIOS PARA A HISTÓRIA DO ÁGUAS VIRTUOSAS F. C. prosseguirá com os seguintes títulos:


Em preparo: Taça Guaraína - 1941- 2a. parte


Em preparo: Sócios


Em preparo: Diretorias


(*) Caro(a) visitante,

Nosso objetivo é compartilhar informações, histórias e fotos de nossa cidade, com vista à preservação de sua memória. Assim, se você tiver notícias, informações, fotos das pessoas ou famílias aqui mencionadas, ou quiser fazer alguma correção ou complementação ao texto aqui publicado, entre em contato conosco neste e-mail:  historiasdeaguinhas@gmail.com

Voltar


Referências

  • Jornal A Noite, Rio de Janeiro, edição de 30 de janeiro de 1930.
  • http://memoria.bn.br/
  • Documentos existentes no arquivo do Águas Virtuosas Futebol Clube.

Voltar


 

 

 


Publicado por Guimaguinhas em 13/06/2016 às 14h09
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras

Formas de interação com o site GUIMAGUINHAS

- Contato com o site - clique o link e envie sua mensagemhttp://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/contato.php

- Contato com o autor - envie mensagem para este e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

- Postar comentários sobre textos do site - utilize esta ferramenta que está ao pé do textoComentar/Ver comentários 

- Enviar textos: utilize acima: