Guimaguinhas
Memórias familiares e da minha cidade natal
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
25/05/2016 10h54
SUBSÍDIOS PARA A HISTÓRIA DO ÁGUAS VIRTUOSAS F.C. (5b) - O Estádio do A.V.F.C.

SUMÁRIO


Introdução

Em post anterior, falamos sobre o antigo campo de futebol do Águas Virtuosas, construído em área própria (21.830 m2), situada na Rua Francisco de Biaso, nos anos 1930. (aqui)

Hoje, vamos focar o Estádio do A.V.F.C., construído nos anos 1960.

Vamos lá.

Voltar


A transação imobiliária entre o clube Águas Virtuosas e a Prefeitura Municipal de Lambari

Como ficou dito no post anterior, em 1963, mediante a Lei Municipal n° 265, de 13 de setembro, foram estabelecidas condições para que

  1. os acionistas do Águas Virtuosas Futebol Clube e do Jockey Club de Lambari doassem suas ações à Prefeitura Municipal;
  2. a área de terreno pertencente ao clube, com 21.830 m2, situada na Rua Francisco de Biaso, fosse transferida para a municipalidade, com a garantia de que o AVFC teria direitos e vantagens em futuro Estádio Municipal a ser construído;
  3. a Prefeitura Municipal doasse essa área do antigo campo às Indústrias ABI, com vista à expansão do parque industrial dessa empresa.

O "Estádio Municipal", a que se refere a lei acima, viria a ser construído no terreno situado na Rua Francisco de Castro Filho (em frente ao Cassino), o qual foi doado ao Águas Virtuosas, por meio da Lei Municipal n° 359, de 27 de setembro de 1967.

 

Voltar ao topo

Voltar ao tópico re-ratificação


A escritura de doação do terreno em frente ao Cassino

Assim, em 29 de dezembro de 1992, à vista da Lei Municipal n° 359/1967perante o Cartório do 2o. Ofício de Lambari, Livro de Notas n° 83-Afoi lavrada escritura pública de doação do imóvel acima, com área total de 5.498,00 m2.

Voltar ao topo

Voltar ao tópico re-ratificação


Anos 1930: Vista do terreno, em frente ao Cassino, onde seria construído o Estádio do Águas Virtuosas


Anos 1940: Vista do mesmo terreno, então ocupado por um circo.


Campo do Esporte, em frente ao Cassino, onde viria a ser construído o Estádio do Águas Virtuosas.  Na foto, o time de Nova Baden, que então disputava um torneio interno. Entre outros, estão, em pé: Gil, Currila, Afonso e Nilo Carreira. Agachados: Nenê Nascimento, Chanchão, Alemão, Luiz Bié e Odilon.


1965 - Início das obras de construção do Estádio do Águas Virtuosas

Voltar


A inauguração do Estádio do A.V.F.C.

Já comentamos aqui como se deu a inauguração do Estádio do Águas Virtuosas, pela Seleção Brasileira, em abril de 1966 (aqui) (aqui) e (aqui)


  

(1) Jogo treino da Seleção de 1966. Na foto, entre outros: Pelé, Gilmar, Rildo, Gérsone Tostão. (2) Pelé e Jairzinho, com Cristina Viola e outra criança


O Estádio do Águas Virtuosas, pronto para ser inagurado pela Seleção Brasileira, em 1966 ​(Reprodução O Globo, 12/abr/1966. Foto Indalassa Leite)


Reprodução: Correio da Manhã, 10, abr, 1966


Craques como Gilmar, Dino Sani, Bellini, Orlando, Aldair, Djalma Santos, Pelé e Garrincha deixaram as impressões de mãos e pés numa placa de cimento ainda hoje existente.

Fonte: Correio da Manhã, 19, abr, 1966

Voltar


A re-ratificação da escritura de doação do terreno em frente ao Cassino

Como se anotou acima, em dezembro de 1992, dando cumprimento à Lei Municipal n° 359/1967, a Prefeitura Municipal de Lambari doou ao Águas Virtuosas Futebol Clube, por meio de escritura pública lavrada no Cartório do 2° Ofício, o terreno onde se construiu o novo estádio. (aqui)

Nos anos 1990, novas leis foram editadas (aqui), alterando pontos da legislação municipal de 1967, que havia regulado a transação imobiliária entre o Águas Virtuosas e a Municipalidade. (aqui)

Inicialmente, em 4 de junho de 1997, a Lei n° 1.118 declarou de utilidade pública a Associação Esportiva e Cultural Águas Virtuosas Futebol Clube.

Em 1998, a Lei n° 1.167, de 16 de junho, dispôs sobre a re-ratificação da escritura de doação lavrada em 29 de dezembro de 1992, para que

"a área quadrada do terreno, constante da referida escritura, passe a ser de 15.498,00 m2 (quinze mil, quatrocentos e noventa e oito metros quadrados), e a sua confrontação, pelo lado esquerdo, vá até à Sociedade Olímpica de Lambari."

Em 2 de março de 1999, a Lei Municipal n° 1.191 autorizou o Município a "dar em pagamento" ao A.V.F.C. a área acima, de 15.498,00 m2, para "saldar débito para com a entidade".

A escritura da dação em pagamento acima referida foi passada no Cartório do 2° Ofício de Lambari, em 26 de julho de 1999 (Livro 86, fl. 070).

Voltar


A destinação do antigo campo do Águas

E, logo a seguir, em 25 de maio de 1999, a Lei Municipal n° 1.197, autorizou o Poder Executivo Municipal a alienar, através de Processo Licitatório, a área de terreno relativa ao antigo campo do A.V.F.C. ("campo do GRABI").

Finalmente, a Lei Municipal n° 1.228, de 18 de novembro de 1999, autorizou o Poder Executivo Municipal a doar o referido "campo do GRABI" à Associação Atlética de Lambari - AAL, conforme já expusemos no post anterior desta série (aqui).
 

Voltar


A legislação

  1. Lei n° 1.118, de de 4 de junho de 1997 - Declara de utilidade pública a associação esportiva e cultural Águas Virtuosas Futebol Clube​
  2. Lei n° 1.167, de 16 de junho de 1998 - Dispõe sobre re/ratificação da escritura de doação do Município de Lambari ao Águas Virtuosas Futebol Clube, com sede nesta cidade, lavrada em 29 de dezembro de 1992, e dá outras providências.​
  3. Lei n° 1.191, de 23 de março de 1999 - Autoriza o município a dar em pagamento ao "Águas Virtuosas Futebol Clube", terreno pertencente ao Patrimônio Municipal, para saldar débito para com a entidade, e dá outras providências.​
  4. Lei n° 1.197, de 25 de maio de 1999 - Dispõe sobre alienação de bens imóveis​.
  5. Lei n° 1.228, de 18 de novembro de 1999 - Dispõe sobre a doação de imóvel e dá outras providências.

Voltar ao topo

Voltar ao tópico re-ratificação


Fotos do Estádio do A.V.F.C.

Voltar


A atual situação do Estádio do A.V.F.C.

Em 2008, o A.V.F.C. alugou o seu Estádio para a realização de festas de Carnaval, o que danificou grandemente o gramado do campo de futebol, em razão das chuvas ocorridas naqueles dias. 

Meses depois, o clube decidiu dividir o espaço do campo de futebol em duas áreas. Numa, foram construídos dois campos de futebol society. A área restante, somada a espaços existentes fora dos alambrados, foi cimentada para a realização de eventos e shows. Fizeram-se também, quadras de tênis de saibro e há planos de se construir uma piscina social.

Infelizmente, com essa decisão, deu-se fim ao histórico campo de futebol do Águas Virtuosas, inaugurado pela Seleção Brasileira de Futebol em 1966, utilizado para pré-temporadas de grandes clubes do Rio de Janeiro e palco de glórias do futebol de nossa cidade.


Veja também:

  • Sérgio Pugliesi - Jornal O Globo - Blog A PELADA COMO ELA
    • Fim de um estádio no País da Copa - (aqui)

Vista da atual entrada do Estádio do A.V.F.C.


Vistas dos campos society e da área de eventos, no atual Estádio do A.V.F.C.


Referências

Nota: Esta série SUBSÍDIOS PARA A HISTÓRIA DO ÁGUAS VIRTUOSAS F.C. foi elaborada com base em livros, atas, correspondências e outros documentos existentes nos arquivos do clube.


A Série

Posts já publicados

  • Fundação do clube - aqui
  • O Jockey Clube - aqui
  • Amistosos das Décadas de 1920/30/40 - aqui
  • A Taça Guaraína - 1a. Parte - (1941) - aqui
  • Campo do A.V.F.C. - aqui

Continuidade da Série

A série SUBSÍDIOS PARA A HISTÓRIA DO ÁGUAS VIRTUOSAS F. C. prosseguirá com os seguintes títulos:


Em preparo: Taça Guaraína - 1941- 2a. parte


Em preparo: Sócios


Em preparo: Diretorias


(*) Caro(a) visitante,

Nosso objetivo é compartilhar informações, histórias e fotos de nossa cidade, com vista à preservação de sua memória. Assim, se você tiver notícias, informações, fotos das pessoas ou famílias aqui mencionadas, ou quiser fazer alguma correção ou complementação ao texto aqui publicado, entre em contato conosco neste e-mail:  historiasdeaguinhas@gmail.com

Voltar


 

 

 

 


Publicado por Guimaguinhas em 25/05/2016 às 10h54
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras

Formas de interação com o site GUIMAGUINHAS

- Contato com o site - clique o link e envie sua mensagemhttp://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/contato.php

- Contato com o autor - envie mensagem para este e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

- Postar comentários sobre textos do site - utilize esta ferramenta que está ao pé do textoComentar/Ver comentários 

- Enviar textos: utilize acima: