Guimaguinhas
Memórias familiares e da minha cidade natal
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
03/09/2014 07h21
MEMÓRIAS POLÍTICAS DE AGUINHAS (1) - Dr. José dos Santos, médico e prefeito

SUMÁRIO


Introdução

Este post inaugura a série Memórias políticas de Aguinhas, na qual vamos registrar fatos, biografias e histórias políticas de nossa cidade. O índice da série vai abaixo, neste link (aqui).


Dr. José dos Santos, médico e prefeito

Médico de espírito bondoso e humanitário, que clinicou longos anos em Lambari. Carinhosamente apelidado de Barão, foi prefeito da cidade no período de 1959-1962. Casado em primeira núpcias com Edith Fleming dos Santos, depois consorciou-se com Vicência de Oliveira Santos. Teve quatro filhos: Sílvio (já falecido, que também foi médico), José Plínio (Mestre e Doutor em matemática e professor universitário [aqui] ), Edith e Maria Angélica, professoras aposentadas — duas pessoas muito estimadas e cidadãs ilustres de nossa cidade.


Em dois de meus livros, fiz referências ao Dr. José dos Santos. Vejamos.

No primeiro [Abigail - Mediunidade e redenção], eu narro uma visita que ele fez ao meu avô, então muito adoentado, no Alto da Serra, nos anos 1930:

(...) Dias e dias passando muito mal, até que Abigail e Joãozinho desceram à cidade para procurar um médico. Com grande dificuldade o doutor José dos Santos subiu a serra a cavalo, mas ainda teve de caminhar longo trecho a pé pelos trilhos do mato para atender ao doente. Estávamos então no ano de 1935, e os recursos médicos eram poucos: preparados de arnica, angu quente e ventosa. E se ele não melhorar logo, você deve levá-lo para a cidade, disse o médico à Margarida. (...)


Paulo Roberto Viola conta em seu livro sobre Lambari (*), o seguinte:

Dr. José dos Santos fazia visitas regulares na roça. Ele era conhecido por seu espírito caridoso. Nunca recusava um pedido de atendimento, tivesse, ou não, o paciente dinheiro para pagar a consulta. 


E um caso que ouvi recentemente em Lambari, confirma essa personalidade bondosa e desprendida de José dos Santos. Certo cidadão me encontrou e lembrou-se de meu pai, contando a seguinte história.

 — Eh, Guimarães, quantas vezes seu pai me atendeu à noite, pra vender remédios pros meus filhos. A criançada adoecia, eu corria e batia à porta da casa do Dr. José dos Santos. Ele abria uma fresta na janela, eu descrevia os sintomas, e ele me passava uma receita dizendo: Corre lá no Dé, e pede pra ele aviar essa receita. E eu dizia: Quanto é, Dr. José? E ele respondia: Deus lhe pague! Deus lhe pague! Ele mesmo dizia isso: Deus lhe pague!, como se devesse a mim um favor!


No segundo livro [Os Curadores do Senhor], eu relembro uma receita típica dele. Eis o texto, que descreve uma passagem ficcional na Farmácia Santo Antônio, em 1963:

E o viajante viu chegar uma mulher com uma criança no colo, a quem o rapazinho prontamente atendeu e foi logo abrindo a receita. “Que menino mais desembaraçado, vivo e sacudido!”, pensou Lião consigo mesmo, ao tempo em que espichava os olhos procurando ler o receituário: uma injeção, um xarope manipulado e um litro de soro perneta.
Manipulação! Ora viva! Que interessante, um médico das antigas! – disse ele em voz baixa.


De fato, sobre ser um alma caridosa, Dr. José dos Santos foi também um médico muito competente, que conhecia bem os segredos dos produtos manipulados e a medicina fitoterápica, de poucos efeitos colaterais. Foi também crenologista [aqui], e um dos últimos médicos de nossa terra a receitar a água mineral injetável, para cura, por exemplo, de doenças da pele e lesões cutâneas. E divulgou também os efeitos curadores da água mineral de Lambari. Eis um trecho da apresentação que fez do livro A Água Mineral de Lambari, de José Nicolau Mileo:

Voltar


Momentos políticos

Paulo Roberto Viola (**) narra também que

O sonho do Dr. José dos Santos era ser Prefeito de Lambari. Então, papai [Paulo Grandinetti Viola, pai de Paulo Roberto] se colocou à disposição para lutar, sem medir esforços, a fim de que o velho amigo fosse eleito. A disputa foi acirrada, mas Barão venceu, apertado, mas venceu.


O nome do Dr. José dos Santos foi dado a uma importante rua de Lambari, e também a uma escola municipal no Bairro Cachoeira. Abaixo vão algumas fotos de sua passagem pela política.

Dr. José dos Santos saudando o bispo diocesano Dom Inocêncio Engelke, em 1995, quando da realização do Congresso Eucarístico Diocesano e da Sagração da Nova Matriz. (Veja aqui)

Dr. José dos Santos, em almoço, ao lado de Jânio Quadros, que visitou Lambari no início dos anos 1960. O primeiro à direita é o Dr. José Benedito Rodrigues

Na prefeitura de Lambari, acompanhado de políticos. Na foto, estão, entre outros: O dr. José dos Santos (de terno escuro, segurando um livro), Juvêncio Toledo, José Carlos de Alcântara, José Capistrano e Dr. José Vicente Vilhena.

Na prefeitura, ouvindo o Dr. Wadih Bacha

A instalação dos postes de cimento na iluminação pública se deu em sua gestão, no início dos anos 1960.

Voltar


 

(*) VIOLA, Paulo Roberto. Lambari, como eu gosto de você! Rio de Janeiro : Ed. Navona, 2a. edição, 2001, p. 157.

(**) Id., ibid p. 158.


Índice da Série

  1. O prefeito Dr. José dos Santos (aqui, nesta página)
  2. Dr. Antônio Pimentel Júnior, sucessor de Américo Werneck
  3. Garção Stockler, o criador de Águas Virtuosas 
  4. Intrigas políticas
  5. E então ÁGUAS VIRTUOSAS virou LAMBARI
  6. Evolução Administrativa de ÁGuas Virtuosas do Lambary

Voltar


(*) Se você, caro(a) visitante, tiver notícias, informações, fotos das pessoas ou famílias aqui mencionadas, ou quiser fazer alguma correção ou complementação ao texto aqui publicado, entre em contato conosco neste e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Publicado por Guimaguinhas em 03/09/2014 às 07h21
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras

Formas de interação com o site GUIMAGUINHAS

- Contato com o site - clique o link e envie sua mensagemhttp://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/contato.php

- Contato com o autor - envie mensagem para este e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

- Postar comentários sobre textos do site - utilize esta ferramenta que está ao pé do textoComentar/Ver comentários 

- Enviar textos: utilize acima: