Guimaguinhas
Memórias familiares e da minha cidade natal
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
05/05/2017 16h03
SUBSÍDIOS PARA A HISTORIA DO A.V.F.C. (12) - Águas Vice-campeão - 1953 - A controvertida final do campeonato

Ilustração: Escudo do Águas Virtuosas, estampado em camisa do início dos anos 1990, com a estrelas do tri-campeonato.


SUMÁRIO


Apresentação

A final do Campeonato da liga de São Lourenço de 1953 é uma dessas histórias que minha geração ouviu muitas e muitas vezes, sempre narrada com um misto de revolta e decepção, seja pelos atletas que dela participaram, seja pelos diretores do clube, seja pelos torcedores do Águas que assistiram à partida.

Contudo, não tínhamos nenhum registro — nem fotos, nem recortes de jornal, nem súmula, nem nada — que pudesse nos ajudar a reconstituir, não só as principais partidas do campeonato, mas sobretudo a partida final — a terceira de uma melhor de três — certamente a mais controvertida da história do Águas Virtuosas.

Pois bem, hoje vamos publicar uma resenha dessa partida, feita pelo professor do Ginásio Duque de Caxias Carlos Rodrigues Eufrázio. O professor acompanhava os jogos do Águas Virtuosas em 1953 e escrevia uma resenha que era semanalmente divulgada no jornal O ÁGUAS VIRTUOSAS, que circulou em Lambari naquele ano.

 

Os pontos principais desse relato foram confirmados por jogadores e torcedores, daquela triste tarde de domingo de 22 novembro de 1953, em Baependi.

Vamos lá.

Voltar


O time campeão

Abaixo o escudo e a camisa do Esporte Clube São Lourenço.

Fonte: http://cacellain.com.br

Esporte Clube São Lourenço - Campeão da Liga Caxambuense de 1949. Fonte: Youtube

Na foto, entre outros: Perrela, Lauro, Jair, Rui, Casca, Pinellinho, Quezar, Eneas, Pinelle e Araújo. 

  • Veja no Youtube filme sobre essa conquista do Esporte - aqui
  • Dos jogadores citados acima, atuaram na decisão de 1953:
    • Rui, Pinelle, Eneas e Araújo, 
    • Pinellinho (atuou pelo Águas)

Voltar


O time do Águas Virtuosas vice-campeão

As fotos abaixo são do acervo da família de Eward Bacha (Vavá), e foram cedidas por Tuy Bacha.

 

Quinzinho, Val, Alair, Hélio Fernandes, Pinelli, Nicola, João André, Nenê, Vavá Bacha e Crisóstomo

Uma foto rara: Águas dos anos 1950, colorizada a mão. Em pé, entre outros: Crisóstomo, Hélio, Vavá Bacha, João André, Nicola, Gidão e professor Fernandes. Agachados: Pinellinho, Val, Alair, Nenê e Quinzinho.

Da esquerda para direita: entre outros: Quinzinho, Val, Alair, Hélio, Nenê, Gidão, João André, Crisóstomo (cabeça baixa) e Vaca

Voltar


Os goleiros de 1953

O Águas Virtuosas terminou em 1o. lugar o returno do Campeonato, e os goleiros Nicola, Capeta e Nambu receberam a seguinte avaliação, dada pelo comentarista prof. Carlos Eufrázio:


Na controvertida final, no entanto, Eli Capeta — que era um grande goleiro — foi muito criticado por sua má atuação. Mesmo hoje, aqueles que participaram do jogo — como Quinzinho e João André — ou os que assistiram à partida confirmam a crítica.

O prof. Carlos atribuiu ao goleiro nota zero, visto que, além de ter atuado muito mal, falhando em 3 gols e saindo em falso no quarto gol, na véspera da partida, o atleta teria participado de uma serenata e dormido às 4,30h da manhã.


1    2                    

     3    4   

  • 1. O goleiro Vaca ao lado de Manoel Correia, no time do Águas dos anos 1950  
  • 2. Nicola
  • Eli (Capeta) foi goleiro do Flamengo de Varginha, e atuou também no Águas, nos anos 1950. 
  • 3.  Nambu atuou em algumas partidas

A resenha da partida

Como já dissemos, o professor do Ginásio Duque de Caxias Carlos Rodrigues Eufrázio acompanhou os jogos do Águas Virtuosas naquele ano de 1953 e escreveu uma resenha semanalmente divulgada no jornal O ÁGUAS VIRTUOSAS, que circulou em Lambari naquele ano.

  • Veja a resenha da 1a. partida das finais: aqui
  • Veja a resenha da 2a. partida das finais: aqui

A seguir, vão alguns pontos da resenha referida, que confirmamos com pessoas que ou participaram do jogo ou assistiram à partida:

  • Responsabilidade geral dos atletas, pois poucos salvaram naquela terceira partida da final do Campeonato de 1953.
  • Responsabilidade total da diretoria, que aceitou um regulamento exdrúxulo para a escolha do campeão: uma melhor de 3 partidas, em que o Águas Virtuosas, tendo vencido a primeira, em casa, e empatado a segunda, no campo do adversário, teve ainda de realizar uma terceira partida, em campo neutro (Baependi), na qual foi derrotado e perdeu o campeonato.
  •  A péssima atuação do goleiro Eli Capeta, que falhou nos gols.
  • Jogadores fora de forma que atuaram na partida final.
  • O estranho comportamento do técnico (vindo de Itanhandu), barrando Quinzinho, Euclides e Reli, que vinham jogando muito bem. Aliás, Quinzinho foi o artilheiro e melhor jogador do time, e mesmo assim ficou de fora. 
  • Um gol contra —  João André — e uma expulsão: Hélio Fernandes.

Quanto ao mais, o Águas jogou muito mal, o Esporte jogou muito bem, o juiz teve ótima atuação, e, merecidamente, o Esporte venceu o jogo por 4 x 1 e levou o bi-campeonato.



Reprodução - Diário da Noite, 19, nov, 1953

Voltar


Referências

  • Semanário O ÁGUAS VIRTUOSAS, n. 21, de 22 de novembro de 1953
  • Diário da Noite - 19, nov, 1953 - www.bn.digital
  • Entrevistas do autor com: Joaquim Modesto (Quinzinho)  - João André (Zé do Diabo) - Célio Pereira Krauss (Celinho - In memorian)
  • http://cacellain.com.br

Voltar


 


Publicado por Guimaguinhas em 05/05/2017 às 16h03
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras

Formas de interação com o site GUIMAGUINHAS

- Contato com o site - clique o link e envie sua mensagemhttp://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/contato.php

- Contato com o autor - envie mensagem para este e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

- Postar comentários sobre textos do site - utilize esta ferramenta que está ao pé do textoComentar/Ver comentários 

- Enviar textos: utilize acima: