Guimaguinhas
Memórias familiares e da minha cidade natal
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


MEMÓRIAS DO JOÃO BRÁULIO - Desfile de Sete de Setembro

— Quem possui bicicleta? — dona Marcela perguntou. Maquinalmente levantei o braço, acompanhado de mais dois ou três coleguinhas. — Pois bem. No próximo Sete de Setembro haverá um desfile... E foi falando sobre as comemorações de mais uma Semana da Pátria aqui em Aguinhas e sobre o desfile de bicicletas de que íamos participar.

(“Nunca me dou bem com essa tal semana...” — pensei. “E bicicleta que é bicicleta, na verdade eu não tenho. O pai tem uma sueca marca anzol antigalhona e pesada — mas que eu manobro bem, mesmo sem alcançar o pedal direito: uma pedalada e uma sentada no selim, uma pedalada e...” — fiquei ruminando...)

Mas fui em frente, o pai numa alegria danada de ver o seu filho desfilar no Sete de Setembro, que essa festa já foi famosa em Aguinhas naqueles anos de civismo obrigado. Aprontamos a bicicleta, na qual foi posto um arco com bandeirolas e pendurados diversos enfeites, e eu fui todo garboso, elegante, e nessa hora, no menino, o sentimento patriótico era genuíno e enobrecedor — a minha alma infantil podia sentir isso a cada dobrado que ressoava da intrépida briosa Santa Cecília do Geraldo Machado, e eu, exultante, acompanhando os hinos, decorados à contra-capa dos cadernos Avante. Mas era Semana da Pátria e essa desgraça não costumava se casar bem comigo. E não deu outra: na hora da saída vi que o pneu traseiro da Patavium havia furado. O que fazer? Outro vexame: participei de todo o desfile empurrando aquele estrupício de bicicleta, que montar não podia, enquanto os demais alunos, em bicicletas apropriadas para crianças, desfilavam garbosos, sobranceiros...

E hoje, tantos anos depois, quando olho a foto que documenta essa história, vejo lá a minha Patavium de pneu murcho e eu meio chué, encabulado, a conduzi-la, desapontado, com uma contida vibração...
 

Fotos antigas - Sete de Setembro em Lambari








 


Outras crônicas da Série JOÃO BRÁULIO
 


(*) Esta narrativa faz parte do livro Menino-Serelepe - Um antigo menino levado contando vantagem, uma ficção baseada em fatos reais da vida do autor, numa cidadezinha do interior de Minas Gerais, nos anos 1960.

 
O livro é de autoria de Antônio Lobo Guimarães, pseudônimo com que Antônio Carlos Guimarães (Guima, de Aguinhas) assina a série MEMÓRIAS DE ÁGUINHAS. Veja acima o tópico Livros à Venda.

Guimaguinhas
Enviado por Guimaguinhas em 23/05/2013
Alterado em 06/09/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras

Formas de interação com o site GUIMAGUINHAS

- Contato com o site - clique o link e envie sua mensagemhttp://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/contato.php

- Contato com o autor - envie mensagem para este e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

- Postar comentários sobre textos do site - utilize esta ferramenta que está ao pé do textoComentar/Ver comentários 

- Enviar textos: utilize acima: