Guimaguinhas
Memórias familiares e da minha cidade natal
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
08/03/2013 15h22
O centenário Cassino de Lambari


O Cassino de Lambari foi construído pelo primeiro prefeito da cidade, Américo Werneck, num curto período de tempo: de junho de 1909 a maio de 1911. Inspirado em castelos europeus, ele constitui a obra prima do engenheiro, escritor e político Américo Werneck e fazia parte do projeto que visava a dar à cidade um ar de estância europeia e torná-la um grande centro de turismo. Projetado pela firma Poley & Ferreira, do Rio de Janeiro, com linhas arquitetônicas de um gosto apurado, de estilo barroco e neoclássico, o prédio ocupa uma área de 2.800 m2 e situa-se defronte a um lago artificial, que era iluminado por um farol e oferecia aos turistas legítimas gôndolas de Veneza para passeios. Num período de enormes dificuldades de transporte, o edifício foi construído com materiais importados que chegavam por meio da via férrea; assim, vieram: cimento e telhas, da França; ferragens, ladrilhos e peças de banheiro, da Inglaterra; pinho-de-riga, da Lituânia; pisos e forros, da Ásia. O Cassino é dotado de amplos salões para bailes, concertos, leituras, todos decorados de forma requintada e luxuosa: rico mobiliário, inclusive aqueles destinados aos jogos, imensos lustres de cristal, candelabros com volutas douradas e festivas, quadros japoneses emoldurados de motivos florais e ornitológicos. É de se destacar, ainda, o Salão Japonês, construído e decorado com maestria por artistas japoneses, cujo teto ostenta uma obra de arte na forma de um dragão, além de quadros de fundo de laca com gaviões de marfim e madrepérola e quadros orientais autênticos, de legítimo charão, representando as estações e os meses do ano.


Foi inaugurado em 24 de abril 1911 pelo então Presidente da República, Marechal Hermes da Fonseca, estando também presente o Governador do Estado, Júlio Bueno Brandão. Como Cassino, funcionou uma única noite, visto que, logo a seguir, o projeto malogrou em face da rescisão do contrato de arrendamento que Américo Werneck fizera ao Estado de Minas Gerais para explorar a estância de Águas Virtuosas (atual Lambari). A rescisão desse contrato resultou num litígio histórico, em razão dos brilhantes juristas que participaram da causa, entre eles, Rui Barbosa, J. X. de Carvalho Mendonça, Esmeraldino Bandeira, Heitor de Souza e Edmundo Lins, esses dois últimos membros do Supremo Tribunal Federal. Tal caso ficou conhecido como a Questão Minas x Werneck (BARBOSA, Rui. Questão Minas x Werneck. Obras Completas de Rui Barbosa. Volume XLV 1918 – Tomo IV e V. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1980.) [1]


[1] Esses dois livros podem ser vistos no Museu Américo Werneck, em Lambari.

Veja no Google Books referências a essa obra de Rui Barbosa, clicando aqui: Questão Minas X Werneck


Sobre Américo Werneck, veja também:

Rui Barbosa e a Questão Minas X Werneck - http://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/visualizar.php?idt=4299669

- Dados biográficos de Américo Werneck - http://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/blog.php?idb=36346

Um artigo sobre Américo Werneck - http://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/blog.php?idb=37329

Resumo biográfico de Américo Werneck - Prefeitos de Belo Horizonte/Biografia


Publicado por Guimaguinhas em 08/03/2013 às 15h22
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Os Curadores do Senhor R$20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$20,00
Menino-Serelepe R$20,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras

Formas de interação com o site GUIMAGUINHAS

- Contato com o site - clique o link e envie sua mensagemhttp://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/contato.php

- Contato com o autor - envie mensagem para este e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

- Postar comentários sobre textos do site - utilize esta ferramenta que está ao pé do textoComentar/Ver comentários 

- Enviar textos: utilize acima: